A força do transporte rodoviário de cargas no Brasil

A força do transporte rodoviário de cargas no Brasil

06/05/2022 15:17:47

 

Setor que transporta toda a riqueza do País vence desafios e busca oportunidades

O transporte rodoviário de cargas no Brasil é essencial para a economia do País e o volume de fretes rodoviários no País cresceu 53% no primeiro trimestre deste ano em relação ao mesmo período do ano passado. 

Segundo dados do Banco Mundial, 58% do transporte de passageiros e carga do Brasil é realizado por rodovias, o que nos coloca em primeiro lugar no ranking nessa modalidade, seguido da Austrália que possui 53% do transporte por rodovias.

Os dados comprovam que essa importância vai ainda além. De acordo com a pesquisa de Custos Logísticos no Brasil, da Fundação Dom Cabral, 75% do transporte de toda produção do País passa pela malha rodoviária. Ou seja, o Brasil necessita do transporte rodiviário de mercadorias para continuar ativo e abastecido.

Para dar conta desse compromisso, o número de empresas no setor só tem crescido ano após ano. O que certamente demonstra o tamanho do interesse que o ramo desperta no mercado, afinal, se a indústria cresce, a necessidade de transportar produtos, maquinários e insumos, cresce junto.

O setor também foi impactado em 2020 pela pandemia de Covid-19, por conta das medidas restritivas que marcou o ano pelo desemprego e baixas no setor. Todavia, para 2021, as perspectivas se mostram muito mais positivas, com fortes indícios do fortalecimento e prosperidade para o meio de transporte de cargas e logística.

O transporte rodoviário de cargas ganha mais força à medida que o agronegócio e os segmentos de máquinas agrícolas, caminhões pesados e extrapesados crescem; o mesmo acontece com o e-commerce, que impulsiona a indústria e dá mais espaço para que os caminhões leves ganhem mais espaço no País. Por todos esses motivos, o transporte rodoviário continua positivo e a recuperação do setor é dada como certa para fechar o ano de 2021.

Oportunidades de negócios no transporte rodoviário de cargas

Assim como em outros setores da economia, quem se reinventou na logística, em meio à crise sanitária, agora está colhendo os frutos.

Em um setor tão concorrido, enxergar oportunidades é uma eficiente forma de se destacar.

A Agex Encomendas Urgentes, referência no atendimento em todo o estado do Paraná e na transferência entre São Paulo e Paraná, apostou e investiu em novas operações, mesmo na pandemia. Essa expertise credencia a empresa a destacar as oportunidades que o setor oferece:

  • Agronegócio - a expansão recorde do Produto Interno Bruto (PIB) do agronegócio refletiu também nos transportes. O agro cresceu 60% em volume de cargas transportadas no período e os produtos mais transportados foram fertilizantes, que viram seus fretes mais que dobrarem no primeiro trimestre de 2021 (+102%), em uma clara antecipação da expectativa de safra recorde este ano. Em seguida vem a soja, com aumento de 55%, e o milho, com uma variação mais tímida, porém representativa (+42%).
  • Construção civil - A indústria da construção iniciou 2021 com expectativa de crescer 4% no ano, o que corresponderia a sua maior alta desde 2013. E tudo que sai dessa indústria, precisa ser transportado e distribuído para lojas em todo o Brasil e o transporte rodoviário de cargas é o modal mais indicado.
  • e-commerce - as vendas do comércio eletrônico, no primeiro semestre de 2020 chegaram a registrar um crescimento de 145%; e o movimento desse mercado impacta diretamente na demanda pelo transporte rodoviário de cargas.
  • Fármacos - o Brasil é o sexto maior mercado consumidor de produtos farmacêuticos no mundo. Segundo a IQVIA, as vendas de medicamentos no Brasil cresceram 8% em 2020. Além disso, até 2022 o Brasil pode superar a França e se tornar o 5º País com maior mercado farmacêutico no mundo. O transporte de desses produtos será ainda mais demandado.
  • Transporte colaborativo – excelente opção para quem deseja aproveitar toda a capacidade dos veículos e economizar no combustível. Organização e comunicação são fundamentais para que essa prática tenha sucesso. O transportador que realizar esse compartilhamento com segurança e qualidade, certamente terá nesse nicho uma excelente oportunidade.
  • Implemento de ferramentas digitais - a tecnologia é essencial para otimizar processos e recursos de uma transportadora. Sistemas de gestão, de rastreamento e de comunicação tornaram-se ferramentas imprescindíveis para empresas que buscam eficiência, segurança, agilidade e, principalmente, oferecer um serviço de qualidade a seus clientes. As ferramentas digitais abrem uma infinidade de possibilidades para quem opera no transporte rodoviário de cargas.
  • Seja diferente – num setor altamente concorrente, ser diferente é um destaque. Diferenciação neste setor significa eficiência, segurança da mercadoria, entregas no prazo e comunicação constante. Quanto mais você reduzir seus custos, sem perder qualidade, mais chances terá de fidelizar seus clientes e alcançar o sucesso.

Desafios do transporte rodoviário de cargas

Como vimos, esse nicho da logística tem muitas oportunidades de negócios, mas é uma atividade que enfrenta muitos desafios diários, como:

  • Malha viária com suas limitações – estradas sem acostamentos, repletas de buracos e mal sinalizadas, normalmente nas regiões mais afastadas dos grandes centros industriais, dificultando o serviço das transportadoras;
  • Inconstância nas cargas de retorno - equilibrar o fluxo de carga nas viagens de ida e volta não é uma tarefa fácil, ainda mais se considerarmos que mais de 50% do PIB brasileiro está concentrado na região Sudeste e que as entregas podem acontecer em qualquer lugar do território brasileiro. Esse desequilíbrio nas cargas de retorno dificulta para o transportador diluir os custos das viagens;
  • Problemas com segurança – uma das maiores preocupações das transportadoras, visto que o roubo de cargas e caminhões é recorrente no País. Com operações mais arriscadas o custo com a segurança e o cuidado nas entregas é elevado;
  • Insegurança econômica – o transporte de cargas reflete o que acontece na economia, quando acontece uma desaceleração, ela impacta quase que imediatamente a logística, que se dedica ao que é produzido.

O transporte rodoviário de cargas reflete a economia de um país. Quanto mais se consome, mais se produz e mais é transportado.

A concorrência nesse segmento é grande (em sua Pesquisa Anual de Serviços de 2019, o IBGE indicou a existência de quase 120 mil empresas de transporte rodoviário de cargas no Brasil) e para se destacar, além de estar atento às novas oportunidades de negócios, é preciso enfrentar os desafios, empregando tecnologias de ponta, gestão inteligente e pessoal capacitado.

A Agex Encomendas Urgentes oferece a logística ideal para as entregas urgentes em todo o Paraná e São Paulo capital, visando oferecer o melhor nível de serviços aos seus clientes. Com tecnologia, se especializou nas entregas B2B, em redes atacadistas, shoppings, portos e aeroportos, atendendo as principais cidades em até 24 horas!

 

Top