Dúvidas Frequentes

01

O que é CTE?

O CTE é a abreviação de (Conhecimento de Transporte Eletronico). É um documento fiscal emitido pelas transportadoras para cobrir legalmente as mercadorias entre o local de origem e o destinatário da carga. É a nota fiscal da empresa transportadora, ou seja, é o documento oficial usado para faturar os transportes realizados.

02

A AGEX faz mudanças?

Não, pois este tipo de mercadoria não está dentro do perfil transportado pela AGEX.

03

Quando e como recebo o boleto para pagamento?

Os boletos são enviados diretamente nos e-mails cadastrados conforme informado pelo cliente. O prazo para recebê-los varia de acordo com sua negociação comercial. Caso isso não ocorra, você poderá emitir a segunda-via na área do cliente ou se preferir, entre em contato com nosso setor de cobranças através do telefone 43 3305-1717.

04

A AGEX realiza transporte sem embalagem?

Não transportamos mercadorias sem embalagem.

05

O que é ICMS e como ele é calculado?

O ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços) é um tributo de competência de cada Estado que incide sobre a circulação de mercadorias. Para efeito de transporte é cobrado um percentual de acordo com a legislação vigente sobre o valor total de frete. Para saber mais, consulte a legislação dos estados de origem e destino.

06

Como é calculado o frete?

Para calcularmos seu frete é necessário as seguintes informações: CNPJ/Cidade remetente, CNPJ/Cidade destinatário, CNPJ pagador, Valor da nota, quantidade, tipo de mercadoria, peso total e dimensões dos volumes. Com base nestas informações calculamos de acordo com a tabela vigente sempre analisando se o CNPJ ou CEP destino possui taxas como TDE(Taxa dificuldade de entrega) e/ou TRT (Taxa de restrição de transito). Consulte o setor comercial e verifique a negociação acordada.

07

A AGEX transporta sem nota fiscal?

Não é possível realizar o transporte sem nota fiscal pois é a documentação exigida para acompanhamento de sua mercadoria.

08

O que são as taxas cobradas no frete?

CAD Custo adicional de descarregamento para destinatários específicos, que cobram; CAP Custo adicional de paletização e filmagem para destinatários específicos, que exigem; FM Frete Mínimo; FP Frete Peso; FV Frete Valor; GRIS Gerenciamento de Risco; TAS Taxa de administração de SEFAZ (isenta para movimentação dentro do Estado); TDA Taxa de dificuldade de acesso, de acordo com a distância percorrida da cidade "pólo" até a cidade de destino "interior"; TDE Taxa de dificuldade de entrega para destinatários específicos; TPC Taxa de permanência da carga em armazém do transportador cobrada a partir da data prevista p/ entrega; TRT Taxa de restrição ao trânsito.

09

O que é cubagem?

Cubagem é a relação entre o peso e o volume da carga a ser transportada. Para calcular a cubagem, é utilizada a fórmula: altura x largura x profundidade x fator de cubagem. Quando a cubagem for maior que o peso real da carga, consideramos para efeito de frete o peso cubado. No caso do transporte rodoviário, o fator de cubagem padrão corresponde a 300. Por fim, multiplique pela quantidade de volumes.

10

Por que tenho que pedir autorização de retira ao remetente se o material é meu?

Exceto quando o frete for pago pelo destinatário, ou quando não houver a informação na nota fiscal, por questões de segurança, é necessário que a empresa remetente envie a carta de autorização de retirada, em papel timbrado constando nome e número de RG e CPF do retirante e com carimbo da empresa Solicite o modelo de carta de autorização ao nosso SAC.

Top